Relativismo e suas consequências

Você já tentou persuadir alguém de que existe uma verdade ou de que a fé católica é a única verdadeira e essa pessoa respondeu: “Bem, não existe verdade” ou “Pode ser verdade para você, mas não é para mim”? É uma experiência frustrante. Esse modo de pensar, chamado de relativismo, pode impedir qualquer tipo de diálogo racional. O apologista católico Karlo Broussard aborda o relativismo do mundo atual neste vídeo!

Papa Bento XVI também analisou esse fenômeno relativista, dizendo que “ter uma fé clara, segundo o Credo da Igreja, muitas vezes é classificado como fundamentalismo. Enquanto o relativismo, isto é, deixar-se levar “aqui e além por qualquer vento de doutrina”, aparece como a única atitude à altura dos tempos hodiernos. Vai-se constituindo uma ditadura do relativismo que nada reconhece como definitivo e que deixa como última medida apenas o próprio eu e as suas vontades.” [1]

Referências

[1] http://www.vatican.va/gpII/documents/homily-pro-eligendo-pontifice_20050418_po.html

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s