Arquivo mensal: abril 2019

Para ser salvo basta ser “bonzinho” e não fazer “mal” a ninguém?

No mundo em que vivemos é comum encontrar pessoas com a crença de que só serão condenadas ao inferno aqueles que fizerem coisas “terrivelmente graves”. Porém, uma rápida leitura dos evangelhos já demonstra que essa mentalidade é totalmente contrária aos ensinamentos de nosso Senhor Jesus Cristo, até porque Ele foi a figura que mais falou sobre os perigos que corremos de sermos condenados eternamente. Não é mera coincidência que ele também seja a pessoa que mais nos amou… (e ama). É justamente esse o assunto que o Padre Mike Schmitz aborda nesse vídeo.

“Alguém lhe perguntou: “Se­nhor, são poucos os homens que se salvam?” Ele respondeu: “Procurai entrar pela porta estreita; porque, digo-vos, muitos procurarão entrar e não o conseguirão. (São Lucas 13, 23)

Anúncios

Scott Hahn – O quarto cálice

 

A liturgia pascal dos judeus era dividida em quatro grandes partes, e para cada uma delas, haviam quatro cálices de vinho. No momento que Jesus e os 12 apóstolos consumiriam o quarto e último cálice, nosso Senhor interrompe a cerimônia e se dirige ao Getsêmani. Lá, Ele reza ao Pai, dizendo: “Aba! Pai! Tudo te é possível; afasta de mim este cálice!” (Mc 14, 36). Jesus, o Cordeiro de Deus, sabe que ele precisa beber o quarto cálice, a fim de consumar a celebração pascal.

É esse o assunto discutido em “O quarto cálice”.

Nessa investigação feita pelo Dr. Scott Hahn, é possível entender melhor o que é a Páscoa, a Santa Missa e, além disso, a Eucaristia. Afinal, na liturgia pascal dos judeus, era prescrito que o cordeiro fosse comido, e não apenas sacrificado.