Arquivo da categoria: Política

Bispo CORAJOSO cumpre o dever e proíbe políticos pró aborto de comungarem

“Devido à sua ação gravemente imoral de privar os nascituros da proteção legal contra o aborto, deve-se dizer que qualquer legislador católico que patrocinou, promoveu, defendeu ou votou a favor destes projetos de lei atuou de uma maneira seriamente pecaminosa e infiel ao ensinamento cristão de 2.000 anos contra o aborto e, portanto, estaria fora da plena comunhão da Igreja Católica. Tais pessoas não devem receber a Sagrada Comunhão até que tenham celebrado o sacramento da Reconciliação e tenham mostrado uma conversão pública da vida”. (Dom Paprocki) Matéria completa: https://www.acidigital.com/noticias/bispo-proibe-comunhao-a-congressistas-pro-aborto-nos-estados-unidos-72179

Católicos não podem defender um Estado Laico

“Se o ambiente social não é católico, ele será preenchido, ao longo do tempo, por elementos pagãos e anticatólicos. A sociedade, assim como a natureza, abomina o vácuo. Nós temos visto mais confirmações do que nunca desta verdade que os grandes Papas do século XIX ensinaram: não existe isso de um espaço público religiosamente neutro, uma sociedade que não privilegie um credo. O espaço público será ou religioso ou irreligioso, ou cristão ou anticristão. O laicismo sempre se autodestrói em ideologia intolerante.” (Texto do artigo ‘A farsa do “Estado laico”’. Disponível aqui: https://padrepauloricardo.org/blog/a-farsa-do-estado-laico)

Vídeo original disponível aqui: https://www.youtube.com/watch?v=IBjHH2Eg-vQ

INFERNO? Seu voto é um indício de que você pode estar indo pra lá!!!

Votar no PT, um partido político que mais se parece com uma organização criminosa e que está comprometido com a descriminalização do aborto, com a implantação da ideologia de gênero, legalização das drogas, união civil homossexual e que, além disso, apoia ditaduras como a da Venezuela, é um péssimo indício de que você não anda muito de acordo com o Magistério da Igreja. Fique atento!

“Acaso busco eu agora a aprovação dos homens ou a de Deus? Ou estou tentando agradar a homens? Se eu ainda estivesse procurando agradar a homens, não seria servo de Cristo.” (Gálatas 1, 10)

Por que o voto católico 2018 deve ser no BOLSONARO? Padre explica.

Ele não é mito e defende algumas coisas contrárias a fé católica, como a contracepção. Mas ele é o que tem pra hoje! Mesmo cheio de defeitos, ele é o mal menor nessas eleições. Os outros candidatos são piores! PIORES! Nesse vídeo tratamos sobre o aborto, tema importantíssimo na hora de escolher um candidato, e não somente para a presidência – não se esqueça! O vídeo conta com uma breve introdução do padre Frank Pavone.

Outros motivos para votarmos em Bolsonaro. O texto é de Carlos Nougué:

1) Por uma crise interna que se vem arrastando desde há muito tempo, a Igreja deixou de propiciar no Brasil uma efetiva alternativa política. Com a Liga Cristo Rei, creio que voltaremos a fazê-lo de algum modo. Mas ainda estamos distantes disto.

2) E no entanto a revolução globalista progride, e tenta vencer em todo o mundo; prepara assim, saiba-se disto ou não, o terreno para o advento do Anticristo. Toda a agenda global está serviço disto. Com Lutero, tentou-se acabar com a Igreja. Com a revolução liberal, tentou-se acabar com Cristo. Com a revolução comunista, tentou-se acabar com Deus. Com a revolução atual, marcusiana, quer-se acabar com a natureza humana.

3) Mas também surgem reações a esta revolução, mais ou menor fortes: Trump nos Estados Unidos (se tivesse vencido a Clinton, o Anticristo já estaria às portas); o eixo Itália-Hungria; a Áustria; sobretudo a Polônia com sua reentronização de Cristo como rei do país; o movimento antiaborto na Argentina e em muitos países hispano-americanos; o CitzenGo; a Liga Cristo Rei no Brasil; etc.

4) Pois bem, devemos pôr-nos decididamente ao lado dessa resistência, ainda que sem nunca deixar de consignar as diferenças que separam o verdadeiro catolicismo de seus aliados do momento, e sem nunca deixar de lutar pela realeza sociopolítica de Nosso Senhor Jesus Cristo.

5) Bolsonaro é uma expressão brasileira dessa resistência internacional à última revolução; e só por isso já deveríamos votar nele. Mas não só tem efetivas chances de vencer, senão que, apesar de defender pontos que os católicos não podem aceitar (como o controle da natalidade), sustenta bandeiras essenciais de lei natural que NENHUM outro candidato com chances de vitória sustenta: é contrário ao menos ao aprofundamento legal do aborto; é contrário à nefanda ideologia de gênero (que quer roubar-nos nossos filhos); é favorável ao combate duro à criminalidade (uma nação que não se defende do crime está condenada ao abismo); etc.

6) Mas mais que isto: se não vence Bolsonaro, a próxima barriga esfaqueada poderá ser a nossa.

The Vortex – O Islã não é uma religião

Basta um muçulmano jogar um caminhão em pedestres, cortar algumas gargantas ou explodir pessoas, que rapidamente a esquerda em geral, formada por jornalistas, artistas, políticos, professores e etc, entra em cena minimizando a situação. Ao invés de dar o “nome aos bois” e dizer que se trata de mais um caso de terrorismo islâmico, eles acusam aqueles que exigem uma atitude diante desse caos de “islamofobicos”. Essa postura hipócrita, facilmente identificada, tem um objetivo claro: destruir a Igreja Católica e a civilização construída por ela. Descubra o porquê da esquerda abraçar o Islamismo, que objetivamente falando não é uma religião, assistindo a esse episódio “The vortex”, traduzido do original “Islam is not a religion” (disponível aqui: https://goo.gl/dsif4n) e saiba mais.

10 motivos para combater o socialismo

Além de 10 motivos no vídeo, a fim de não deixar qualquer dúvida, tem-se abaixo uma lista com 13 partidos socialistas que um católico NÃO pode votar ou apoiar, e 10 frases de papas condenando o marxismo:

Partido dos Trabalhadores (PT)
Partido Comunista Brasileiro (PCB)
Partido Socialismo e Liberdade (PSOL)
Partido Popular Socialista (PPS), sucessor do PCB
Partido Comunista do Brasil (PCdoB)
Partido da Causa Operária (PCO)
Partido Democrático Trabalhista (PDT)
Partido da Mobilização Nacional (PMN)
Partido Pátria Livre (PPL)
Partido Socialista Brasileiro (PSB)
Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU)
Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB)
Partido Verde (PV)

Papas condenando o socialismo:

“Assim, substituindo a providência paterna pela providência do Estado, os socialistas vão contra a justiça natural e quebram os laços da família.” (Papa Leão XIII, Rerum Novarum)

“”Se [Cristo] chamou junto de si, para os consolar, os aflitos e os sofredores, não foi para lhes pregar o anseio de uma igualdade quimérica”.(Pio X, Notre Charge Apostolique n. 38).

“Como esta doutrina rejeita e repudia todo o caráter sagrado da vida humana, segue-se por natural conseqüência que para ela o matrimônio e a família é apenas uma instituição civil e artificial, fruto de um determinado sistema econômico” (Papa Pio XI, Divini Redemptoris)

“Socialismo religioso, socialismo católico são termos contraditórios: ninguém pode ser ao mesmo tempo bom católico e verdadeiro socialista.” (Papa Pio XI, Quadragesimo Anno)

“Pois bem, os irmãos não nascem nem permanecem todos iguais: uns são fortes, outros débeis; uns inteligentes, outros incapazes; talvez algum seja anormal, e também pode acontecer que se torne indigno. É pois inevitável uma certa desigualdade material, intelectual, moral, numa mesma família (…) Pretender a igualdade absoluta de todos seria o mesmo que pretender idênticas funções a membros diversos do mesmo organismo” (Papa Pio XII, Discurso de 4/4/1953 a católicos de paróquias de S. Marciano)

“Deus não faz distinção de pessoas, pois todos os homens têm a mesma dignidade de criaturas à Sua imagem e semelhança. A Encarnação do Filho de Deus manifesta a igualdade de todas as pessoas QUANTO À DIGNIDADE: «Já não há judeu nem grego, nem escravo nem livre, nem homem nem mulher, pois todos vós sois um em Cristo Jesus» (Compendio da doutrina social da Igreja, 144).

“Entre comunismo e cristianismo, o pontífice [Papa Pio XI] declara novamente que a oposição é radical, e acrescenta não se poder admitir de maneira alguma que os católicos adiram ao socialismo moderado: quer porque ele foi construído sobre uma concepção da vida fechada no temporal, com o bem-estar como objetivo supremo da sociedade; quer porque fomenta uma organização social da vida comum tendo a produção como fim único, não sem grave prejuízo da liberdade humana; quer ainda porque lhe falta todo o princípio de verdadeira autoridade social.”
(Papa João XII, Encíclica Mater et Magistra, 15 de Maio de 1961, 34)

“Muito freqüentemente, os cristãos atraídos pelo socialismo têm tendência para o idealizar, em termos muito genéricos, aliás: desejo de justiça, de solidariedade e de igualdade. Eles recusam-se a reconhecer as pressões dos movimentos históricos socialistas, que permanecem condicionados pelas suas ideologias de origem.” (Papa Paulo VI, Carta Apostólica Octogesima Adveniens)

“O erro fundamental do socialismo é de caráter antropológico. De fato, ele considera cada homem simplesmente como um elemento e uma molécula do organismo social. […] O homem é reduzido a uma série de relações sociais, e desaparece o conceito de pessoa como sujeito autônomo de decisão moral”” (Papa João Paulo II, Centesimus Annus)

“Lembremos que o ateísmo é a negação da pessoa humana, de sua liberdade e de seus direitos encontram-se no centro da concepção marxista. Esta contém de fato erros que ameaçam diretamente as verdades de fé sobre o destino eterno das pessoas.” (Bento XVI, Libertatis Nuntius)

“Nunca compartilhei a ideologia marxista, porque ela é falsa.” (Papa Francisco, entrevista publicada pelos jornais La Nación e Corrriere della Sera)

O mito da superpopulação

“Os controlistas nos venderam o controle de população como algo necessário e urgente… Têm-nos feito acreditar que somos muitos no mundo e que os países, especialmente os mais pobres, devem impor drásticas políticas de redução da taxa de natalidade, ou muito em breve, todos morreremos por falta de recursos ou porque, sendo muitos, poluiremos nossos planetas até torná-lo impossível de ser habitado.” [1]

Para não poucos católicos “venderam” a história de que somos muitos e de que a Igreja é “retrógrada” por opor-se ao controle da natalidade. Alguns, inclusive terminaram dizendo “sou católico… mas estou de acordo com o controle da natalidade”. [1]

Na encíclica Humanae Vitae, o Papa Paulo VI previu todas as graves consequências que poderiam surgir caso fosse estimulado o controle de natalidade:

“Considerem, antes de mais, o caminho amplo e fácil que tais métodos abririam à infidelidade conjugal e à degradação da moralidade (…) É ainda de recear que o homem, habituando-se ao uso das práticas anticoncepcionais, acabe por perder o respeito pela mulher e, sem se preocupar mais com o equilíbrio físico e psicológico dela, chegue a considerá-la como simples instrumento de prazer egoísta e não mais como a sua companheira, respeitada e amada. (…) Pense-se ainda seriamente na arma perigosa que se viria a pôr nas mãos de autoridades públicas, pouco preocupadas com exigências morais. [2]

“Realmente é necessário o controle de natalidade? Estamos ficando sem mantimentos? Estamos ficando sem espaço? As nações pobres são pobres porque têm muita gente? Nesse episódio do “Download” temos algumas respostas aos mitos da superpopulação. [1]

Fontes do texto:

[1] http://www.acidigital.com/vida/superpopulacao.htm
[2] http://w2.vatican.va/content/paul-vi/pt/encyclicals/documents/hf_p-vi_enc_25071968_humanae-vitae.html

Imigrantes: o que a Igreja ensina?

Alguns esquerdistas, em nome do multiculturalismo, querem abrir totalmente as fronteiras, inclusive para os terroristas islâmicos. Já alguns direitistas querem fechar totalmente as fronteiras, proibindo a entrada de qualquer tipo de imigrante no seu país.

No meio dessa confusão, o que queremos os católicos? Descubra assistindo a esse vídeo do programa “EWTN News Nightly”, onde Lauren Ashburn conversa sobre o ensinamento católico com Chad Pecknold, que é professor de Teologia, na Universidade Católica da América. Descubra também o que a Igreja ensina, lendo o parágrafo 2241 do Catecismo da Igreja Católica, que vem logo abaixo:

“As nações mais abastadas devem acolher, tanto quanto possível, o estrangeiro em busca da segurança e dos recursos vitais que não consegue encontrar no seu país de origem. Os poderes públicos devem velar pelo respeito do direito natural que coloca o hóspede sob a proteção daqueles que o recebem.

As autoridades políticas podem, em vista do bem comum de que têm a responsabilidade, subordinar o exercício do direito de imigração a diversas condições jurídicas, nomeadamente no respeitante aos deveres que os imigrantes contraem para com o país de adoção. O imigrado tem a obrigação de respeitar com reconhecimento o patrimônio material e espiritual do país que o acolheu, de obedecer às suas leis e de contribuir para o seu bem.”

 

Satanistas protestam contra a posse de Donald Trump

Trump publicou uma carta em que fez diversos compromissos com o eleitorado pró-vida: assinar o projeto de lei que proíbe o aborto após 20 semanas de gestação, nomear apenas juízes pró-vida para a Suprema Corte, retirar o financiamento público da clínica de abortos Planned Parenthood e tornar permanente a Emenda Hyde, que proíbe que o aborto seja realizado com financiamento público. [1]

Segundo a revista Foreign Policy, o Presidente Donald Trump anunciará o fim do financiamento de grupos e organizações que promovem o aborto no exterior. [3]

Em agosto de 2015, foi divulgada a notícia de que o grupo satânico Templo Satânico de Detroit (Michigan, EUA), que havia inaugurado recentemente uma estátua dedicada a Baphomet, reuniu mais de 30 mil dólares para financiar uma batalha legal em defesa do “direito ao aborto”, e assim evitar que suas fiéis grávidas fossem “submetidas” a receber informação prévia sobre o processo do aborto. Apelando à liberdade religiosa, defendem seus “direitos reprodutivos religiosos”. O porta-voz desse grupo, Lucien Greaves, afirmou que, em sua religião, o aborto é considerado um dos seus sacramentos. [2]

Nota-se a campanha da mídia brasileira e internacional contra Donald Trump, dando bastante destaque a esses protestos. Fiquemos atentos com as pessoas que deixamos formas nossa opinião, pois existe todo um interesse por trás da notícia.

E pra quem duvida, veja esse testemunho de um ex satanista, confessando que fazia rituais satânicos dentro de clínicas de aborto: https://padrepauloricardo.org/blog/ex-satanista-eu-fazia-rituais-satanicos-dentro-de-clinicas-de-aborto

Referências:

[1] http://www.semprefamilia.com.br/blog-da-vida/trump-cria-grupo-pro-vida-e-assina-compromissos-contra-o-aborto/

[2] http://pt.aleteia.org/2015/09/28/existe-alguma-relacao-entre-o-satanismo-e-a-pratica-do-aborto/

[3] http://blog.comshalom.org/vidasemduvida/trump-assume-e-ja-anuncia-fim-do-apoio-do-governo-ao-aborto/